Saiba porque mais pessoas estão fazendo implantes dentários


Há alguns anos tinha-se o entendimento que os implantes deveriam ter o maior comprimento e diâmetro possível. Dessa forma, poucas pessoas tinham condições anatômicas ósseas ideais para a realização dos procedimentos. E as que não tinham precisavam se submeter a grandes cirurgias de enxerto ósseo prévias para a colocação dos implantes, aumentando o custo e o tempo do tratamento.


A ciência vem avançando muito nos últimos anos e hoje trabalhamos com implantes de comprimento muito reduzido (4mm por exemplo), que permite tratarmos o paciente sem a necessidade de enxertos prévios. E, na maioria das vezes, quando necessário, utilizamos biomateriais (materiais sintéticos que substituem o osso) ao  invés do osso do paciente.


Com isso, os procedimentos ficaram menos complexos, menos agressivos e com menor tempo de recuperação, permitindo que mais pessoas possam ser tratadas com implantes.


Há alguns anos tinha-se o entendimento que os implantes deveriam ter o maior comprimento e diâmetro possível. Dessa forma, poucas pessoas tinham condições anatômicas ósseasideais para a realização dos procedimentos. E as que não tinham precisavam se submeter a grandes cirurgias de enxerto ósseo prévias para a colocação dos implantes, aumentando o custo e otempo do tratamento.


A ciência vem avançando muito nos últimos anos e hoje trabalhamos com implantes de comprimento muito reduzido (4mm por exemplo), que permite tratarmos o paciente sem a necessidade de enxertos prévios. E, na maioria das vezes, quando necessário, utilizamos biomateriais(materiais sintéticos que substituem o osso) ao  invés do osso do paciente.


Com isso, os procedimentos ficaram menos complexos, menos agressivos e com menor tempo de recuperação, permitindo que mais pessoas possam ser tratadas com implantes.

1 visualização

personalizado por: agenciavela.com.br

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon
WhatsApp logo.png